Estruturas Metálicas:


-Projeto          -Fabricação          -Montagem


                  Queiroz Galvao - Exp. Tiradentes         WTC                                                   Terracom - Dersa

                                                       


A Jodi executa projetos, fabricação e montagem de todos os tipos de estruturas metálicas:

- Galpões industriais e comerciais de qualquer tipo.

- Coberturas em geral.

- Mezaninos.

- Prédios metálicos.

- Fechamentos metálicos.

- Passarelas.

- Escadas.

- Hangares.

- Helipontos.

- Pergolados e marquises.

- Estruturas de todos os tipos para policarbonato.

- Cálculos estruturais.

- Reformas de estruturas e coberturas em geral.

- Produz as calhas e rufos utilizados em nossas obras.

- Recebe a matéria prima da usina com certificado de qualidade.

- Possui garantia e assistência técnica comprovada.

- Manutenção preventiva.

                  Const. Even - L'essence Sorocaba       Godói - The Square                            Colégio Pueri Domus - Cantareira

                                                       


Construções metálicas:


Desde o século XVIII, quando se iniciou a utilização de estruturas metálicas na construção civil até os dias atuais, o aço tem possibilitado aos arquitetos , engenheiros e construtores, soluções arrojadas, eficientes e de alta qualidade. No entanto, as vantagens na utilização de sistemas construtivos em aço vão muito além da linguagem estética de expressão marcante; redução do tempo de construção, racionalização no uso de materiais e mão de obra e aumento da produtividade, passaram a ser fatores chave para o sucesso de qualquer empreendimento. A competitividade da construção metálica tem possibilitado a utilização do aço em obras como: Edifícios de escritórios e apartamentos, residências, habitações populares, pontes , passarelas, viadutos , galpões, supermercados, shopping centers, lojas, postos de gasolina, aeroportos e terminais rodo-ferroviários, ginásios esportivos, torres de transmissão, etc.

                   


Vantagens no uso do aço:


O sistema construtivo em aço apresenta vantagens significativas sobre o sistema construtivo convencional:

A- Liberdade no projeto de arquitetura:

A tecnologia do aço confere aos arquitetos total liberdade criadora, permitindo a elaboração de projetos arrojados e de expressão arquitetônica marcante.

B- Maior Área Útil :

As secções dos pilares e vigas de aço são substancialmente mais esbeltas do que as equivalentes em concreto, resultando em melhor aproveitamento do espaço interno e aumento da área útil, fator muito importante principalmente em garagens.

C- Flexibilidade:

A estrutura metálica mostra-se especialmente indicada nos casos onde há necessidade de adaptações, ampliações , reformas e mudança de ocupação de edifícios. Alem disso, torna mais fácil a passagem de utilidades como água, ar condicionado , eletricidade, esgoto, telefonia, informática, etc.

D- Compatibilidade com outros materiais:

O sistema construtivo em aço é perfeitamente compatível com qualquer tipo de material de fechamento, tanto vertical como horizontal, admitindo desde os mais convencionais ( tijolos e blocos , lajes moldadas in loco) até componentes pré-fabricados (lajes e painéis de concreto, painéis “Dry-wall”, etc.)

E- Menor prazo de execução:

A fabricação da estrutura em paralelo com a execução das fundações, a possibilidade de se trabalhar em diversas frentes de serviços simultaneamente, a diminuição de formas e escoramentos e o fato da montagem da estrutura não ser afetada pela ocorrência de chuvas, pode levar a uma redução de até 40% no tempo de execução quando comparado com os processos convencionais.

F- Racionalização de materiais e mão de obra:

Numa obra, através de processos convencionais, o desperdício de materiais pode chegar a 25% em peso. A estrutura metálica possibilita a adoção de sistemas industrializados, fazendo com que o desperdício seja sensivelmente reduzido.

G – Alivio de carga nas fundações:

Por serem mais leves, as estruturas metálicas podem reduzir em até 30% o custo da fundações.

H – Garantia de qualidade:

A fabricação de uma estrutura metálica ocorre dentro de uma indústria e conta com mão de obra altamente qualificada, o que dá ao cliente a garantia de uma obra com qualidade superior devido ao rígido controle existente durante todo o processo industrial

I – Antecipação do ganho:

Em função da maior velocidade de execução da obra, haverá um ganho adicional pela ocupação antecipada do imóvel e pela rapidez no retorno do capital investido.

J - Organização do canteiro de obras:

Como a estrutura metálica é totalmente pré-fabricada, há uma melhor organização do canteiro devido entre outros à ausência de grandes depósitos de areia, brita, cimento, madeiras e ferragens, reduzindo também o inevitável desperdício desses materiais. O ambiente limpo com menor geração de entulho, oferece ainda melhores condições de segurança ao trabalhador contribuindo para a redução dos acidentes na obra.

L – Precisão construtiva:

Enquanto nas estruturas de concreto a precisão é medida em centímetros, numa estrutura metálica a unidade empregada é o milímetro. Isso garante uma estrutura perfeitamente aprumada e nivelada facilitando atividades como o assentamento de esquadrias, instalação de elevadores, bem como redução no custo dos materiais de revestimento.

M – Reciclabilidade:

O aço é 100% reciclável e as estruturas podem ser desmontadas e reaproveitadas.

N – Preservação do meio ambiente:

A estrutura metálica é menos agressiva ao meio ambiente pois alem de reduzir o consumo de madeira na obra, diminui a emissão de material particulado e poluição sonora geradas pelas serras e outros equipamentos destinados a trabalhar a madeira.


Peso da estrutura:


- Para elaboração de estimativas de custo, é necessário se conhecer o peso da estrutura metálica. Apresentamos a seguir, para efeito ilustrativo, uma tabela com o peso estimado da estrutura metálica em função dos diversos tipos de construção.


ESTIMATIVA DO PESO DA ESTRUTURA POR TIPO DE EDIFICAÇÃO:


Dependendo do projeto e dos locais as coberturas podem ser mais leves.

Aços para construção Civil:


Existem diversos tipo de aço adequados para utilização em estruturas metálicas. Alguns dos mais empregados são:


“ Prever o uso de estrutura metálica desde a fase de projeto pode proporcionar economia entre 10% e 15%, em comparação com a construção convencional. Empregado junto com outros sistemas industrializados, o ganho pode até ultrapassar 15%”

O setor de coberturas metálicas trabalha hoje basicamente com bobinas de aço revestido por zinco o que assegura alta durabilidade , grande resistência mecânica e custos inferiores. A fabricação deve obedecer à padronização da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), com normas especificas para cada um dos tipos de telhas de aço disponíveis no mercado: a norma NBR 14 513 abrange as telhas onduladas e a NBR 14 514 define os parâmetros para as telhas trapezoidais. A escolha entre uma ou outra depene das características do projeto, mas, em geral as trapezoidais são mais empregadas em galpões industriais e as onduladas atendem a diferentes linguagens arquitetônicas.

• Especificifique as estruturas metálicas Jodi em seu projeto:



Criatividade - O aço possibilita design criativo, que pode ser explorado de múltiplas formas. "O único limite é o bolso"

Logística - Detalhes e interfaces planejados evitam improvisações, assegurando uma obra limpa e seca. "Como todos os ajustes necessários são realizados ainda na etapa de detalhamento dos projetos, é possível preverexatamente o quanto de cada material será utilizado na obra"

Leveza - quanto mais alto o edifício com estrutura em aço, maior será a economia com as fundações. "A espessura média do concreto usado nas edificações atualmente é de 20 cm, o que equivale a 500 kg/m²; com os acabamentos, supera-se os 1000 kg/m². Com estrutura metálica, o mesmo edifício terá carga total correspondente a algo entre um terço e metade desse valor, dependendo de sua altura e dos demais materiais adotados. O prédio com estrutura metálica fica até 53% mais leve", afirma.

Redução de Perdas - A precisão milimétrica do sistema reduz sensivelmente o desperdício de material em comparação com as obras artesanais.

Rapidez e Montagem - O uso de estruturas metálicas e de sistemas industrializados em geral acelera o ritmo das obras, lembra Caram. Essa característica é fundamental para empreendimentos como hotéis, shoppings, cinemas e supermercados.

Facilidade e Manuseio - O aço é especialmente vantajoso para obras em terrenos acidentados ou onde não há espaço para canteiro. Basta planejar a montagem da peça tão logo ela chegue ao local, sem a necessidade de espaço para armazenagem. Como o aço é mais leve que o concreto, pode-se trabalhar com guindastes menores.

Desempenho Testado - A importância da pré-montagem da estrutura ba própria fábrica para a correção de processos industriais. Além disso, os milhares de componentes são numerados, de modo a assegurar a montagem correta no canteiro.

Transporte - Normas técnicas para o transporte de componentes industrializados asseguram boas condições do material na chegada ao canteiro. A modulação das peças proporciona melhor aproveitamento do espaço de caminhões/contêineres, diminuindo gastos com transporte.

Pintura



Na elaboração de um sistema de pintura devem ser considerados dados como: o meio ambiente e sua agressividade, o tipo de tinta, a preparação da superfície, a sequência de aplicação, o número de demãos, as espessuras, o tipo de aplicação e as condições de trabalho a qye estará submetida a superfície.

É importante destacar que não basta ter o melhor esquema de pintura definido - o preparo da superfície a ser pintada é um fator determinante para o bom desempenho do sistema. Durante sua aplicação a superfície deverá estar isenta de pó, ferrugens, carepas, óleos ou graxas e a umidade relativa do ar não deverá estar superior a 85%. 9,1. Preparo da Superfície

As técnicas de preparo de superfície mais comumente utilizadas são:

Limpeza Manual: remoção de materiais soltos (carepas, restos de pintura e ferrugem) com uso de ferramentas manuais (martelos, picadores, espátulas, escovas, etc...)

Limpeza Mecânica: remoção de materiais soltos (carepas, restos de pintura e ferrugem) com uso de ferramentas manuais (escovas rotativas, pistola de agulhas, lixadeiras rotativas). Apresenta maior rendimento que a limpeza manual. Ideal para áreas pequenas ou de difícil acesso, devido ao seu maior custo.

Jateamento: remoção de óleos, graxas, carepas de laminação, restos de pintura, ferrugem, com uso de jatos abrasivos (areia ou granalha de aço) impelidos por ar comprimido. A remoção dos resíduos varia com os diversos graus de limpeza a saber:

- Jato Abrasivo Ligeiro

- Jato Abrasivo Comercial

- Jato Abrasivo ao Metal quase Branco

- Jato Abrasivo ao Metal Branco


Na sequência apresenta-se tabela com exemplos de sistemas de pintura recomendados para todos os aços estruturais deste catálogo. Cabe ressaltar que as orientações são genéricas, cabendo ao profissional uma consulta mais detalhada com os fabricantes de tintas ou aplicadores.



Fone 11 3991 0110 - Rua Pedro Cubas, 86 - Piqueri - São Paulo - SP - Cep: 02413-000 - e-mail: jodi@jodi.com.br